Estilo na Gravidez


Há tempos eu estou ensaiando para fazer este post, mas agora vai!

Eu fiquei grávida 2 vezes. Na 1ª gravidez, subestimei a importância de ter opções para me vestir e só me dei mal. No final da gravidez eu quase me deprimi com as parcas opções que me restaram.

Já na 2ª gravidez, a primeira providência que tomei assim que soube do “positivo” foi me informar e planejar o que tivesse mais a ver comigo.


Primeiro, tentei realmente não exagerar, porque eu não ia usar essas roupas muito tempo, e aquela história de que você usa depois...você usa só enquanto as roupas antigas não servem, depois, você não vai querer nem ver as roupas de gestante. Ah, e eu lembrei que quando o bebê nascer, eu ia amamentar, então peças que abrem na frente foram muito bem vindas J

Também mantive meu estilo, sem aquela cara de capa de botijão de gás roupa de grávida.

Tentei criar camadas, com coletes, cardigans, blazer, porque além de dar um up na produção, podem disfarçar volumes que você não quer mostrar.

Usei e abusei de acessórios, muuuiitoos acessórios...cintos, bolsas coloridas, colares, pulseiras, lenços...mudam a cara de qualquer roupa!

Mas o complicado é que em magra, qualquer coisa cai bem, e isso vale para magra grávida. E não é o meu caso, eu sou alta mas estou longe, bem longe, de ter o peso da Giselle!

Mas mesmo assim, segui algumas regras me senti MUITO mais bonita na 2a gestação porque, mesmo com peso de grávida, mantive meu estilo.

Por exemplo, na época da minha pesquisa, adorei estes três modelitos:





Traduzindo o que me agradou foi: roupas que marcam a barriga. Hummm!!!
Mas quem disse que eu achei em Porto Alegre?!

A saída foi uma dica que minha prima Carolina, que manja de truques de costura e me passou a barbada: comprar tecidos que esticam (com strech) e pedir para uma costureira fazer vestidos tomara que caia. Aí você joga com jaquetinhas ou casaquinhos leves ou quentinhos por cima, e também um cinto bacana. No fim da gravidez era só o que me servia e eu jogava com uns 8 ou 10 vestidos. Eles ficam justos no corpo mas compridos na perna (você decide o cumprimento com a costureira) e o peso que você ganha na gestação não fica sendo jogado na sua cara a cada kilo que você ganha, porque o tecido do vestido tem elastano J


                     
             

    

                                       

Olhando agora, dá uma saudade dessa barriga... eu hein!!!

Desejo a todas as gravidinhas lindas toda a sorte do mundo nesta linda etapa da vida!

Beijos, Sigrid.

2 comentários:

  1. Adorei os vestidos...passei minha gravidez toda com 2 que comprei no renner...sao largos e feinhos mas era o q me servia...hj to que nem posso mais olhar pra esses vestidos e agora no final que descobri uma calça preta propria para barrigudas...se tivesse lido esse post no inicio talvez eu teria curtido mais essa coisa das roupas...beijokas

    ResponderExcluir
  2. Mari, primeira viagem é sempre assim, nos atrapalhamos um pouco, não sabemos muito o que nos espera! Sei bem o que vc sente!!! Bjo kerida.

    ResponderExcluir

Busca

Carregando...

Já curtiu?

receba por e-mail

Inscreva-se e receba as atualizações por e-mail:

Parceiros

 
 
 

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog

Já Passaram por Aqui!